SPAWER Consultoria e Empregos
Excelência em Gestão de Pessoas

CLIENTES E PARCEIROS

FALE COM A GENTE

Artigo: INSTRUÇÕES GERAIS PARA REDAÇÃO DE UM CURRÍCULO

Um currículo bem feito possui 5 seções obrigatórias e 1 opcional

De maneira geral, um currículo bem feito possui 5 (cinco) seções obrigatórias e 1 (uma) opcional. São obrigatórias as seguintes seções: identificação, objetivo, qualificações, experiência profissional e formação educacional. A quinta e última seção – Cursos e treinamentos – é opcional, ela deve incluir os cursos de idioma, informática e também outros cursos/treinamentos relevantes ao cargo postulado.

IDENTIFICAÇÃO

Esta seção deve estar no topo do currículo, coloque apenas o nome completo, nacionalidade, estado civil, endereço completo, telefone, número do celular e e-mail. Não é preciso colocar informações pessoais como data de nascimento, filiação, local de nascimento e números de documentos como RG, CPF etc. Veja que se você vai disponibilizar o seu currículo na internet, o melhor seria colocar apenas o seu nome completo e e-mail.

OBJETIVO

Aqui você deve especificar o cargo e área de atuação pretendidos. Caso não possua experiência considerável, o ideal é que explique porque escolheu sua profissão e como pretende conduzir a sua carreira. Seja claro e procure personalizar o seu objetivo para o cargo ao qual está se candidatando. É fundamental mencionar também como você contribuiria para o sucesso do empregador.

QUALIFICAÇÕES

É importante enumerar as qualificações e habilidades que possui e que são requeridas pelos empregos aos quais está interessado. Para isso, basta verificar os anúncios para as vagas as quais está interessado e relacionar as qualificações e habilidades constantemente exigidas nos mesmo, em seguida inclua no seu currículo aquelas que possui.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Esta é uma das seções mais importantes do seu currículo. Você deve descrever a suas experiências profissionais (no máximo os últimos cinco empregos) sempre começando pelos trabalhos mais recentes até os mais antigos. É essencial estabelecer claramente as datas (mês/ano) do período de cada emprego, antes de começar a descrevê-los.

Após as datas, especifique o nome da empresa e cargo ocupado. Se a empresa não for muito conhecida, você pode incluir uma rápida descrição da mesma (especifique o tamanho, posição no mercado e ramo de atividade).

Em seguida, você deve falar de maneira objetiva e sintética do cargo ocupado, incluindo responsabilidade, quantificação do volume de trabalho e se possível realizações que impactaram o sucesso da empresa. Por exemplo: um representante comercial poderia citar o quanto percentualmente ultrapassou suas metas de vendas nos últimos anos, especificando o volume total atingido.

FORMAÇÃO EDUCACIONAL

Aqui, descreva a sua formação educacional incluindo apenas o ensino médio, graduação e pós-graduações. Inclua as datas, o nome da instituição de ensino e, se relevante à vaga desejada, acrescente também os prêmios acadêmicos recebidos, os trabalhos de conclusão de curso e as monografias. Você pode incluir cursos incompletos ou em adamento, desde que ressalte esta informação no texto do currículo.

CURSOS E TREINAMENTOS (OPCIONAL)

Nesta seção você pode colocar os treinamentos e os cursos de idiomas, informática ou quaisquer outros relevantes ao cargo postulado. Não inclua cursos sem nenhum vínculo ao emprego desejado, ou cursos “relâmpagos”. Por exemplo, se você está interessado em carreiras na área de tecnologia de informação, é essencial incluir as certificações de informática que obteve. Porém, se vai candidatar-se a um cargo em outra área, essas certificações podem não ser relevantes e adicioná-las poderá causar a perda de objetividade do seu currículo.

PALAVRAS-CHAVE

Por fim, no caso de disponibilizar o seu currículo na internet ou em sites de recrutamento, é recomendável acrescentar uma seção no final com as palavras-chave associadas ao seu perfil profissional. Isso aumentará a visibilidade do seu CV por parte dos recrutadores e empresas.

RECOMENDAÇÕES GERAIS

É muito importante que não cometa erros ortográficos ou gramaticais. Todos sabemos que é difícil escrever um texto isento de erros de português, mas imagine que você é um recrutador e possui dois currículos de candidatos com a mesma experiência e formação acadêmica, mas em um deles há erros básicos de português. É evidente que, como recrutador, você escolheria o candidato com o currículo bem escrito.

Também, em geral um bom currículo pode ser escrito em duas páginas. Caso possua muita experiência e não consiga resumir em apenas duas páginas, é recomendado fazer um outro currículo mais longo para que seja apresentado durante a entrevista.

A lista de referências deve ser impressa à parte, e você deve tê-la a mão no momento da entrevista, para apresentá-la ao empregador quando esta for solicitada.

Por fim, é muito importante manter o currículo sempre atualizado no seu computador, mesmo que não esteja desempregado. Afinal, as melhores oportunidades na maioria das vezes nos são apresentadas por contatos profissionais quando não estamos buscando um novo trabalho.

Fonte: Equipe do Portal Monster.com

Empregos Temporários
Empregos Efetivos
Terceirização de Serviços
Copyright© 2010 - SPAWER Empregos em Guarulhos - Rua Capitão Gabriel, 453 - Centro - Guarulhos - SP - CEP: 07011-010 - Brasil - Tel.: (11) 2229.0404 / 2229.5351